algo sobre a paciência, hoje!

stevepb

Exercer a paciência nos dias de hoje é um ato que está cada vez mais difícil de ser executado. Pelo menos para a maior parte do mundo contemporâneo. Pobres mortais, é claro!

Com o dia a dia mais atribulado, mais tarefas, mais compromissos a serem realizados, as pessoas têm pressa para fazer quase tudo. Inclusive nos momentos de lazer, ficar sem fazer nada na praia tomando banho de sol, por exemplo. Essa aí é uma das opções que eu também não tenho mais a menor paciência!

É engraçado mais com o passar do tempo, ou seja, com o envelhecimento chegando, a teoria diz que deveríamos ser mais pacientes… Só a teoria, porque se você analisar uma fila qualquer em qualquer lugar, os mais apressados são sempre os mais velhos.

geralt

Sinceramente, não sei o porquê deste fenômeno que vivemos, aonde temos a sensação de que as horas estão sempre à nossa frente, voando à jato, de maneira assustadora. E vemos o tempo passar impotentes e sem a menor paciência.

Outro dia assisti uma cena particularmente triste: uma mulher e uma doença em estágio terminal. No programa, que falava sobre doenças graves, esta jovem senhora estava sendo entrevistada e era questionada sobre seus desejos…

Quando acontece algo assim, imagino que a pessoa tem que ser muito paciente mesmo, deve ao menos aprender, porque é a única coisa que resta é esperar, ter paciência.

geralt1

Quantas pessoas, muitas vezes, têm que parar tudo, toda uma vida por um motivo muito maior do que as suas vontades. Ficam impossibilitadas de fazer outras coisas ao mesmo tempo. E tem que aprender de verdade a ser mais pacientes.

A gente descobre que a vida não vai acabar se não conseguirmos realizar tudo o que desejamos.

Simples assim?

O que dá pra entender é que ter paciência nos tempos de hoje é algo muito relativo.

LKV

fotos:Pixabay

Um comentário sobre “algo sobre a paciência, hoje!

  1. Verdade, acho que são os novos tempos, uma pessoa acostumada a atividade corrida da vida, não vai mudar com o tempo.Não é porque está ficando “velho” que vai se abdicar das coisas que fazia quando novo, logicamente respeitando-se os limites.

    Curtido por 1 pessoa

what about?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s