vivendo tempos fakes!

man-390342_960_720

Tempos modernos, pós-modernos, ou hipermodernos… Tempo no qual estamos vivendo estranhamente! De maneira distorcida. Não dá para falar que estamos errados porque também não sabemos direito como é o certo!

O fato é que não tá fácil pra ninguém!

O assustador fenômeno das redes sociais e o que isso gera na vida das pessoas, pode ser uma das razões deste louco lifestyle. Todo mundo quer sair “bem na foto”, literalmente. As pessoas postam fotos lindas, felizes e divertidas; nunca ninguém aparece triste. E, isso causa uma onda de competitiva de felicidade. A mulher arruma o cabelo, se maquia; o homem aparece sorrindo, em lugares divertidos. Parece o maravilhoso mundo de “Alice”. Tudo é, praticamente, perfeito. Só que tem um porém, a vida não é nada perfeita, ao contrário, é muito mais do que imperfeita.

mobile-phone-1917737_960_720

Para esconder a realidade, produzimos uma vida “fake”, mas o problema que perdemos a noção do real e do irreal. E pensamos que a vida da outra pessoa é maravilhosa, e a nossa não. Então, ficamos infelizes, tristes, deprimidos…

Deprimente

A depressão tem sido um sério problema de saúde mundial, esse lifestyle contemporâneo competitivo, de busca pela perfeição e relacionamentos superficiais; tem transformado as pessoas em indivíduos frágeis, solitários e com um vazio interno muito grande.

alone-2666433_960_720

Independente de qualquer tipo de situação material ou física. A sensação deste sentimento de vulnerabilidade atinge a todos. A OMS (Organização Mundial da Saúde) informou que a depressão já afeta mais de 300 milhões de pessoas no mundo, segundo dados divulgados recentemente. É muita gente.

Um problema muito difícil de ser resolvido

Quando a doença é no corpo, a ciência tem a solução para quase tudo. Só que quando se trata da alma, dos sentimentos, é tudo mais complicado.

Uma das melhores coisas a se fazer é falar sobre tudo que se passa dentro de cada um.

Desabafar!

Perceber que a pressão interna está muito elevada, que o copo está para transbordar e, nesse momento ou antes disso, pedir e aceitar ajuda é muito eficiente. Conversar com alguém, seja conhecido ou desconhecido, de forma acolhedora e sem críticas já ajudaria essa pessoa a superar aquele momento.”, afirma um voluntário do CVV

(Centro de Valorização da Vida)

Diariamente no país, ocorrem 32 suicídios, uma média de 1 morte a cada 45 minutos, e é algo que pode ser reduzido. O CVV criou o movimento Setembro Amarelo, mês mundial de prevenção do suicídio, com o slogan: “falar é a melhor solução”. Um trabalho que serve para ajudar, sensibilizar e conscientizar as pessoas, principalmente, quebrar tabus.

Talvez não exista uma saída de emergência para problemas tão sérios como os que estamos vivendo.

Também não podemos perder a esperança de acreditar em tempos melhores. Cultivar o amor próprio e manter o pensamento positivo pode ser um começo.

LKV

fotos:reprodução/Pixabay

3 comentários sobre “vivendo tempos fakes!

  1. Tempos modernos. A geração atual recebe tudo nas mãos mas não sabe administra-la. Culpa dos pais? Talvez sim, pois na sua grande maioria os pais dão aos filhos tudo que não tiveram na infancia mas em contrapartida nada é exigido delas. Uma pena que os tempos mudaram.

    Curtido por 1 pessoa

what about?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s