arte para inspirar: poesia feminina e sutil

Scroll down to content

Sou uma mulher madura
Que às vezes anda de balanço
Sou uma criança insegura
Que às vezes usa salto alto
Sou uma mulher que balança
Sou uma criança que atura”

Martha Medeiros

martha-medeiros-poesia-arte-inspiração

Precisa de algo mais?

foto:reprodução/Pixabay

%d blogueiros gostam disto: