uma atitude positiva gera outra, e assim por diante…

gentileza

O velho ditado que a vovó nos ensinava: “a gente colhe aquilo que planta”, é a mais pura tradução da lei do retorno.

Pode parecer piegas, mas em tempos tão violentos e cruéis pelo qual a sociedade está passando, pequenas gentilezas fazem a diferença no seu dia. Como um simples “bom dia”, um sorriso discreto, uma palavra amiga…

Muita gente já deve ter ouvido falar do profeta Gentileza, um personagem urbano que vagava pelo centro do Rio de Janeiro nas décadas de 70 e 80. Ele ficou famoso por pregar o amor e criticar os valores distorcidos da sociedade atual. Apesar de já ter falecido, a sua obra permanece até hoje e ainda é reconhecida, inclusive por turistas estrangeiros.

20021120-gentilezaGentileza estampava com cor os pilares cinzas da cidade, e mesmo depois de suas intervenções terem sido apagadas por um período, elas foram recuperadas, voltaram a aparecer e permanecem no mesmo local. Ele fazia inscrições nas pilastras dos viadutos da zona portuária, juntas são como capítulos de um livro. Mesmo com a implosão do viaduto da perimetral as mensagens não foram atingidas e foram tombadas pela prefeitura da cidade. Sempre gostei de ver as suas inscrições e acho que fazem parte daquele local, que não é o mais bonito da cidade, pelo contrário. As inscrições deixam tudo mais colorido.

O mais importante que fica do profeta é a mensagem. A mais conhecida: “gentileza gera gentileza” é a mais simples e mais significativa. Algo que devemos praticar no cotidiano, que tem feito muita falta e que tem sido frequentemente esquecida.

O profeta fazia a sua parte. Vamos passar adiante! Embora o tempo tenha passado, as palavras continuam iguais. A necessidade é que aumentou. Da mesma maneira que coisas negativas acontecem como um efeito dominó, as coisas positivas também formam uma cadeia. Uma atitude pequena faz a diferença. Se cada um praticar um pouquinho, juntos podemos ser maior.

tw-blog-gentileza

O coletivo deve agir assim. Pensar no bem estar geral. Entender que um pequeno ato errado pode afetar sensivelmente a vida do próximo. Da mesma forma o contrário pode acontecer.

Só que não adianta fazer uma coisa boa e ficar esperando alguma outra coisa em troca… As atitudes devem ser sinceras e espontâneas. Só assim o ciclo da generosidade e da gentileza se move. Com verdade.

Desviar a sua atenção para o lado, não vai tirar você do seu caminho. Olhar para o próximo com mais condescendência só aumenta a sua própria estima.

A lei do retorno é infalível, pode demorar, mas aquilo que damos, com certeza, recebemos!

LKV

fotos:reprodução